Seguidores

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Injustiça...

O cavalo é um operário,
Grande e fiel trabalhador.
Porém não ganha salário,
Poucos lhe dão valor...

Do homem é companheiro,
Inseparável, grande amigo,
Trabalha com o carroceiro,
Malvado lhe impõe castigo.

Enchem a carroça pesando,
E o pobre sem poder puxar,
Acaba sempre apanhando,
Do algoz que vive a ajudar.

Meu coração fica apertado
Ao assistir tanta covardia,
Bater nesse ser malvado,
Deus do céu,como eu queria!

E depois quando envelhece,
Da lida penosa e cansada,
Triste fim que não merece,
Vira comida prensada...


♫Carol Carolina




8 comentários:

  1. Só em ler esse poema já fiquei triste, não suporto quem maltrata os animais,mas é a realidade...Mundo cão!O Homem é mais selvagem, "mais animal" que os bichos, e temos o dom de raciocinar.Abraços/ Mery

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Lindo!

    Olá querida amiga, lindo teu Blog.

    Bjs,ALICE

    ResponderExcluir
  3. seu blog é um luxo. adorei...
    os textos ótimos, e muito gostoso...amei1

    bjos
    e tenha uma linda semana

    ResponderExcluir
  4. Quantas injustiça neste mundo..
    o povo cavando seu próprio buraco cada dia mais fundo...seu blog esta lindo bjs.

    ResponderExcluir
  5. "Se não podem me ler; que eu me leia; que conheça os sobressaltos que interpõe esta ponte, e se ela não existir, que eu seja o engenheiro sagaz; determinado a cumprir com o meu objetivo, seja lá, onde estiver as ferramentas que preciso ainda encontrar para beijar os pés de Clarice Lispector; limpando o chão pelo qual passou Machado de Assis; lendo e aprendendo com o tão polêmico Nietzsche... Ah, Senhor, protetor dos novos e loucos autores, que esta chuva que refrescou a luta árdua de tantos molhe o meu telhado a ponto de encontrar a humildade necessária que não me fará algoz de minhas próprias ambições..."
    Olá, Meu nome é Adriana, é um prazer conhecer seu blog; sou poeta, escritora, e Gostaria de lhe convidar a conhecer o meu espaço; todo mês você terá uma chance de ganhar livros sorteados entre os seguidores do meu blog. Esta é uma iniciativa privada para incentivar os novos autores que são considerados anônimos no mercado literário; para participar, siga o blog e deixe um comentário -"quero participar da promoção dos novos autores!" Nossos grandes incentivadores são vocês!
    Um abraço e parabéns pelo texto e pelo blog!
    Adriana
    adrianavargas.ocadv@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa, meus sinceros parabéns!
    O poema toca a gente...
    Se vc puder me dar uma força, estou começando, e meu blog é:

    psixani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol!
    Meu coração doeu quando li tua poesia, e penso que já vi isto nas ruas, mas não fiz nada para mudar, deveríamos fazer né?
    Me visita, estou te seguindo.
    http://zilanicelia.blogspot.com/
    Abrçs

    ResponderExcluir
  8. Daqui a alguns anos estará mais arrependido
    pelas coisas que não fez do que pelas que fez.
    Solte as amarras! Afaste-se do porto seguro!
    Agarre o vento em suas velas!
    Explore! Sonhe! Descubra!

    (Mark Twain)

    Beijos & Flores.....M@ria

    ResponderExcluir