Seguidores

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

ALDRÁVIA - CRLN - 00 4



Abnegação
              perseverança
                              amor
                                    a
                                     profissão
                                                professor


               
Carol Carolina

sábado, 11 de outubro de 2014

SORRI CRIANÇA...


Sorri criança inocente...
Sem rancor ou falsidade,
Brincas feliz e contente,
Desconheces a maldade.

De meiguice envolvente,
És feita de sinceridade,
Sorri criança inocente,
Sem rancor ou falsidade.

Nosso mundo diferente,
Enfeitas com felicidade,
Deixas doce o presente,
Esquecemos a realidade.
Sorri criança inocente...
Carol Carolina

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

PRIMA ESPERADA - QUADRAS




A prima mais delicada,
Muito sutil e perfumada,
Chegou trazendo mil cores,
Na bagagem repleta de flores.

Primavera estação amada,
Entre todas é muito esperada,
Cheia de encanto e beleza,
Presente de Deus na natureza.

A rosa rubra se enfeitou,
E muito sedutora ficou.
A espera do seu doce amor,
O adorável beija-flor.


Carol Carolina

terça-feira, 16 de setembro de 2014

LUA BAILARINA


O céu é o palco onde se apresenta, 
Todas as noites prende nosso olhar. 
A bailarina que a todos só encanta, 
Entre estrelas faz seu lindo bailar. 

Invade a sala e nem pede licença, 
Sem cerimônias vai tudo prateando. 
Impondo sua bela e doce presença, 
Bisbilhotando um poeta escrevendo. 

Carol Carolina

domingo, 15 de junho de 2014

PINTURA INSPIRADA... RONDEL

A noite calma está toda iluminada,
A brisa com perfumes adentrando.
Pela janela olho e fico encantada,
A madrugada o jardim enfeitando.

Parecendo uma pintura inspirada,
A lua dá retoques, vai pincelando.
A noite calma está toda iluminada,
A brisa com perfumes adentrando.

Tudo é lindo com magia prateada,
Orvalho aos poucos se formando,
Na manhã sua obra é completada.
Gotículas se espalham prateando,
A noite calma está toda iluminada.
Carol Carolina

OBEDECENDO O CORAÇÃO... RONDEL

               
Hoje fiz todas as coisas que queria.
Obedecendo as ordens do coração,
Pincelei o céu com cores da alegria,
Emoldurei com nuvens de algodão.

Vesti a realidade com bela fantasia
Mandei desaparecer dona solidão.
Hoje fiz todas as coisas que queria.
Obedecendo as ordens do coração.

Saí de um mundo frio e sem poesia,
Sem sonhos, romantismo ou ilusão.
Por momentos tudo adquiriu magia,
Desobedecendo a coitada da razão,
Hoje fiz todas as coisas que queria.
Carol Carolina

sábado, 10 de maio de 2014

SÓ SAUDADE...



Era fortaleza, 
Era doçura, 
Era beleza, 
Era candura. 

Me abraçava, 
Me protegia, 
Me embalava 
Eu dormia... 

A tua imagem é um afago, 
Que acalenta meu coração. 
Minha mãezinha hoje eu trago 
Somente flores e uma oração.

Carol Carolina

sábado, 19 de abril de 2014

SANTA PÁSCOA


Acróstico

Silêncio, reflexão
Assim é o jeito de expressar a
Nossa fé e todo o nosso amor.
Também um momento único,
Agradecer Jesus por toda sua dor.


Páscoa é recolhimento
Assumir todas as nossas faltas,
Saber que sempre há tempo.
Corrigir e pensar no ato de Jesus.
O seu sacrifício foi exemplo,
Amar jamais será em vão.

Carol Carolina

terça-feira, 11 de março de 2014

SOMENTE MULHER




Cuidar da casa, filhos, marido,
Nas tarefas é mesmo exemplar.
Embora um pouco alcançado,
Muito falta para conquistar.

No trabalho ser reconhecida,
Igualdade no salário a ganhar,
Ainda é muito discriminada,
Poucos sabem valorizar.

A vida é feita de coragem,
Sem problemas, seu lema é lutar.
Abre caminho, faz sua passagem,
Desistir para ela nem pensar.

Após um dia mais que puxado,
Arranja um tempo para relaxar,
Com o marido ou o namorado,
Põe um salto e sai para dançar.

Mulher não importa a idade,
Ela sabe como conquistar,
Delicada na sua feminilidade,
Mulher nasceu para brilhar.

Carol Carolina

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SEJA BEM VINDO!


O velhinho está se despedindo,
De malas prontas indo embora.
Abraçando o menino e sorrindo,
Sabe que é chegada a sua hora.

Presenciou todas as histórias,
Na lembrança ficará guardado.
Faz parte de nossas memórias,
Partirá e será sempre lembrado.

Quando chegou foi bem recebido,
Com festas, alegrias, animação.
Sabe que seu dever foi cumprido,
Enfim terminou aqui sua missão.

O velhinho se despede e dá adeus,
Entrega nossos sonhos ao menino.
Diz que agora eles são todos seus,
Que dê a cada um o seu destino.


Carol Carolina

MELHOR AGIR...



Todos os anos renasce
E promessas são feitas
Depois tudo se esquece
E no natal são refeitas

Porque não faço sorrir
O meu irmão, uma criança
Porque não eu a distribuir
Um sorriso, uma esperança

Reclamar que é desigual
E ficar só na falação
Porque não mudar o natal
Pegar do beija-flor a lição

Nos correios esperando
Tem cartinhas de montão
Se uma estiver pegando
Dará alegria a um coração

São crianças esperando
Que o papai noel possa levar
Estar um sonho realizando
Ter um brinquedo para brincar

Carol Carolina

UM SINO CONVIDANDO


Um sino ao longe embala convidando
Para que venham saudar o Salvador
Atendendo ao convite vão chegando
E juntos entoarão cânticos de louvor

Os costumes foram se transformando
Mas o que predomina ainda é o amor
Um sino ao longe embala convidando
Para que venham saudar o Salvador

Muitos estarão quem sabe esperando
Por um sorriso, um abraço animador
Não importa se só eu estiver levando
Um belo exemplo nos deu o Beija-flor
Um sino ao longe embala convidando


Carol Carolina