Seguidores

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

POETISA SILVIA MOTA, OBRIGADA!

sexta-feira, 4 de março de 2011

Infinito...

Abro os braços no infinito
Fico perdida a te procurar
No emaranhado deste labirinto
Inútil, não irei te encontrar...

Abraço os versos que te faço
E fico escrevendo sem parar
No nada e vagueando no espaço
Esperando quem sabe te encontrar...

Silêncio por favor quero dormir
Sonhar, voar na imensidão
Num mar azul vou submergir
Afogando assim a solidão...

Silêncio por favor estou sonhando
Já consigo vislumbrar a outra vida
Estou vendo alguém me acenando
É você Pessoa tão querida...

Silêncio, por favor, não quero acordar..

♫Carol Carolina

Um comentário:

  1. Oi Carol.
    Lindo seu blog.
    Lindo seus textos.
    Parabéns.
    Beijos.
    Page.

    ResponderExcluir